Pesquisar historia.uff.br:

Laboratórios & Núcleos

LABHOI

Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI)

Criado em 1982 o Laboratório compõe o programa de atividades acadêmicas do Departamento de História da UFF, integrando ensino, pesquisa e extensão universitária, incentivando a construção de novos objetos de pesquisa e o recurso a metodologias e fontes inovadoras, destacando-se a documentação oral e iconográfica. Paralelamente estabelece contatos com instituições nacionais e internacionais ligadas à investigação no campo das fontes orais e visuais, sendo membro fundador da Associação de História Oral.

Professores envolvidos: Angela de Castro, Hebe Mattos, Ana Maria Mauad, Paulo Knauss, Marisa Soares, Ismênia de Lima Martins.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

Cia das Indias

Companhia das Índias: Núcleo de História Ibérica e Colonial na Época Moderna

Criado em 1998, o núcleo Companhia das Índias possui como líderes do grupo de pesquisa do CNPq os professores Ronaldo Vainfas e Guilherme Pereira das Neves. Voltado para os estudos acerca do mundo ibérico e colonial na Época Moderna, o núcleo dinamizou suas atividades desde 2003 nas coordenações de Georgina Santos, Rodrigo Bentes Monteiro, Célia Tavares e Marcelo Rocha. Desde então organiza conferências, seminários de graduandos e pós-graduandos em História Moderna, colóquios internacionais e cursos de especialização, além da revista 7 Mares. Essas realizações são beneficiárias, principalmente, da obtenção de três PRONEX, em 2003, 2006 e 2010. O núcleo possui um regimento interno que ordena pesquisadores principais, associados e estudantes de pós-graduação e graduação – esses últimos bolsistas de iniciação científica dos pesquisadores principais

Professores envolvidos: Professores envolvidos: Ronaldo Vainfas, Guilherme Pereira das Neves, Sheila de Castro Faria, Luciano Figueiredo, Georgina Silva dos Santos, Márcia Motta, Rodrigo Bentes Monteiro, Luiz Carlos Soares, Marcelo da Rocha Wanderley e Elisa Frühauf Garcia.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

CEO

Centro de Estudos do Oitocentos (CEO)

CEO caracteriza-se por se constituir em um espaço interinstitucional, direcionado para o estudo da história do que convencionamos denominar de longo século XIX, período que se estende desde o que conhecemos como crise do sistema colonial, em fins do século XVIII, até o final da chamada República Velha. A sua proposta consiste em reunir núcleos, laboratórios, linhas de pesquisa, professores e alunos de graduação e de pós-graduação de diferentes instituições, com o intuito de trocar informações, montar bancos de dados, compartilhar experiências e discutir resultados de investigações e bibliografias afins.

Professores envolvidos: Gladys Sabina Ribeiro, Gizlene Neder, Carlos Gabriel Guimarães, Martha Abreu.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

LAHSOE

Laboratório de História Social da Economia: Idéias, Intelectuais e Instituições (LAHSOE)

Situa-se no campo da história económico-social comparada e visa reunir pesquisadores e estudantes que trabalham sob uma perspectiva plural e integrada. As análises têm como objetivo principal consolidar uma visão comparativa e interdisciplinar a partir de abordagens identificadas com diferentes tradições acadêmicas e contemplam os eixos: Estado e mercado; poder e instituições; desenvolvimento e globalização; pensamento económico; industrialização e urbanização; empresas e empresários.

Professores envolvidos: Fernando Faria

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NEC

Núcleo de Estudos Contemporâneos (NEC)

Promover estudos e pesquisas sobre temas contemporâneos, em geral, e sobre história do tempo presente, em particular. Articulado em Grupos de Trabalho (Gênero, Anarquismo, América Latina, Ditadura Militar e Esquerdas, Países socialistas e ex-socialistas, Mídia e História e Tempo Presente: Sociedade, Estado e Relações Internacionais), o NEC promove palestras, seminários, mesas-redondas, cursos de extensão e de especialização (pós-graduação latu-senso). Além disso, mantém uma home-page destinada a divulgar eventos, informar sobre as atividades de seus Grupos de Trabalho e artigos publicados por seus integrantes. O Núcleo de Estudos Contemporâneos tem ganho o prêmio Cientistas de Nosso Estado, em associação com o Laboratório de história oral e imagem, há três edições já (2000; 2001-2002 e 2003-2004). Nas duas últimas edições os programas de pesquisa têm sido coordenador pelo Prof. Daniel Aarão Reis. Por outro lado, o NEC participa do PRONEX, coordenado por Angela de Castro Gomes, em associação com Labhoi, CPDOC, Amorj e nós.

Professores envolvidos: Daniel Aarão Reis, Norberto Ferreras, Marco Pamplona, Samantha Viz Quadrat, Marcelo Bittencourt.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

OIC

Observatório da Indústria Cultural (OICult)

O Observatório da Indústria Cultural apresenta-se como uma proposta de constituição de um espaço crítico e reflexivo sobre uma área da atividade humana que hoje experimenta, em níveis inéditos, o avanço do capital: a produção cultural. O termo indústria cultural já aponta para esse vínculo entre cultura e produção capitalista e para a necessidade de fomentar uma práxis que se contraponha a esse poderoso instrumento do capital para garantir sua hegemonia. Assim, longe de se apresentar como uma esfera neutra e distante dos conflitos sociais, a cultura emerge como arena da luta de classes, como um espaço de disputa por hegemonia e de formulação de visões de mundo contra-hegemónicas.

Professores envolvidos: Adriana Facina

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

CEIA

Centro de Estudos Interdisciplinares da Antiguidade - Texto e Textualidade (CEIA)

Existe desde 1998, reunindo especialistas de História, Letras e Filosofia, quando organizou, em outubro, a I Jornada de Estudos da Antigüidade, com conferências, mesas redondas e comunicações coordenadas e mini-cursos. Estas jornadas têm ocorrido anualmente. Em 2000, um grupo de professores e estudantes constituiu um Grupo de Pesquisa no CNPq Texto e Textualidade, tendo como objetivo desenvolver pesquisas com alunos e professores, nos seguintes temas: 1) Explorar a intertextualidade, no relativo a diversas formas de discurso verbal e não verbal, no relativo à Antigüidade, nas perspectivas da História Antiga, das Letras Clássicas e da Filosofia como setores de estudos; 2) Estudar os diversos gêneros textuais desenvolvidos pelas sociedades antigas, com vista a estudos comparativos tanto históricos quanto literários e filosóficos.

Professores envolvidos: Sônia Regina Rebel de Araújo.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NEMIC

Núcleo de Estudos de Migrações, Identidades e Cidadania (NEMIC)

Reunindo dois historiadores e uma cientista política, este núcleo de pesquisa, sediado na Universidade Federal Fluminense, vincula-se à linha de pesquisa Nação e Diáspora e tem como objetivo maior refletir sobre o processo histórico de construção das identidades em sociedades coloniais e pós-coloniais. Deste modo, é possível retomar as idéias em torno de uma História Atlântica, refletindo dimensões e conexões de pessoas, de produtos e de idéias nos mundos atlânticos. Estudos recentes analisaram as distinções e as homogenizações nas diversas identidades sociais e étnicas, recuperando, assim, as complexidades dos processos de redefinições identitárias em variados contextos. Mais do que isso, novos estudos têm provocado debates
perscrutando as narrativas sobre estas experiências.

Professores envolvidos: Glayds Sabina Ribeiro

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NUPEHC

Núcleo de Pesquisa em História Cultural (NUPEHC)

Criado em 1992, o NUPEHC constituiu-se num laboratório de discussão e de promoção de pesquisas que desenvolvem, em seus investimentos conceituais e teóricos, em seus procedimentos metodológicos, e em seus mais variados objetos de investigação, uma reflexão partilhada no âmbito da HistóriaCultural. Os três principais eixos temáticos constituintes do Núcleo Cultura e Poder, Cultura e Gênero e Cultura e Identidades - possibilitam o desenvolvimento de linhas de pesquisa variadas.

Professores envolvidos: Raquel Soihet, Martha Abreu, Maria de Fátima Gouvêa, Maria Fernanda Bicalho, Cecília Azevedo, Maria Regina Celestino de Almeida, Jorge Ferreira, Giselle Martins Venâncio, Larissa Vianna, Veronica Secreto, Juniele Rabêlo de Almeida, Ronald Raminelli, Angela de Castro Gomes, Andre Luiz Vieira de Campos.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NHR

Núcleo de História Rural (NHR)

Desde sua criação, em 1999, o Núcleo tem se destacado na orientação de pesquisas relacionadas à questão agrícola e agrária e movimentos rurais no Brasil, participando de vários simpósios nacionais e internacionais, sempre apresentando os resultados de seus estudos. Na interface entre história, antropologia e sociologia rural o grupo tem procurado discutir as várias realidades rurais do país em seus múltiplos desdobramentos. O Núcleo de História Rural é registrado como Grupo de Pesquisa do CNPq e é coordenado pela professora Márcia Maria Menendes Motta, da UFF e o professor Paulo Pinheiro Machado, da UFSC.

Professores envolvidos: Márcia Motta (UFF), Paulo Pinheiro Machado (UFSC)

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NEPB

Núcleo de Pesquisas sobre Estado e Poder no Brasil

O Núcleo de Pesquisas sobre Estado e Poder no Brasil filia-se às linhas de pesquisa "Poder e Sociedade" e "Cultura e Sociedade" do PPGH, trabalhando de forma privilegiada na interseção entre elas uma vez que seus integrantes procuram enfatizar em seus estudos e pesquisas a relação entre Estado e Poder em suas distintas manifestações e contextos históricos.

A marca diferencial do Núcleo é sua filiação ao pensamento de Antonio Gramsci, bem como seu viés teórico-metodológico, almejando uma "história total". Vale ressaltar que se trata de um coletivo de pesquisadores que aplica esse mesmo referencial à produção de conhecimento com base em intensa pesquisa documental, em História, o que é pouco usual no campo das Ciências Humanas.

Professores envolvidos: Sonia Mendonça, Théo Lobarinhas Piñeiro

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

Translatio Studii

Translatio Studii - Núcleo Dimensões do Medievo (História, Língua e Filosofia)

Criado em 2007, o principal objetivo do núcleo consiste em promover, de forma ampla, democrática, associativa e interdisciplinar, os estudos medievais no âmbito da Universidade Federal Fluminense e, por extensão, em nosso estado e país, considerando que a fatia de duração que se convencionou chamar por Idade Média constituiu um importante "laboratório humano" cujo sentido e importância superam, inclusive, qualquer limitada perspectiva acerca de heranças diretas suas que possamos reconhecer ainda "(sobre)vivas" em nosso meio. Se o que a Idade Média nos ajuda a desvelar é o que temos de mais específico, distintivo e marcante em nossa presente realidade - a historicidade que a constitui - compete-nos requisitarmo-nos, plenos de direito, esse"passado que também nos pertence", fomentando a pesquisa, o intercâmbio e a formação de especialistas brasileiros nessa ampla área de conhecimentos.

Professores envolvidos: Mário Jorge da Motta Bastos

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

NIEP-MARX

Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Marx e o Marxismo (NIEP-MARX)

Formado em 2004, com a reunião de professores/pesquisadores das áreas de História, Sociologia, Economia e Educação, apresentando os seguintes objetivos fundamentais: a) o intercâmbio de experiências de estudo e pesquisa dos participantes sobre Marx e marxismo ou neles teoricamente referenciadas; b) o desenvolvimento de estudos e pesquisas coletivas a partir
dessas referências; c) a realização de eventos (seminários, palestras, encontros) de debate e intercâmbio sobre Marx, o marxismo e questões correlatas; d) a publicação de obras coletivas e periódicos, a partir da produção do grupo, dos intercâmbios estabelecidos e dos trabalhos apresentados nos eventos; e) o oferecimento de cursos de extensão, visando público universitário e dos movimentos sociais, sobre Marx, marxismo e questões correlatas; f) o oferecimento de cursos regulares, a princípio em programas de pós-graduação em que os membros do grupo estejam credenciados, em formato de seminários, apresentando a reflexão coletiva dos participantes do núcleo; g) o planejamento e oferta de cursos de pós-graduação, inicialmente na modalidade latosensu.

Professores envolvidos: Virgínia Fontes, Adriana Facina; Mário Jorge Bastos e Marcelo Badaró Mattos.

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

Scriptorium

Laboratório de Estudos Medievais e Ibéricos (Scriptorium)

O Scriptorium está registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Existe como um núcleo de trabalho desde 1988, atuando por um lado, junto ao Curso de Pós-Graduação em História da UFF (Mestrado e Doutorado), e por outro lado, funcionando como um lugar de treinamento de monitores e alunos de graduação em Iniciação Científica na área de História Medieval. Mais de 20 dissertações e teses já foram produzidas no âmbito do Grupo de Estudos de História Medieval que deu origem ao Scriptorium.

Professores envolvidos: Vânia Fróes

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

LCP

Laboratório Cidade e Poder (LCP)

Criado em 1992, o Laboratório Cidade e Poder procura consolidar uma discussão metodológica sistemática no campo de estudos sobre o poder e sociabilidade urbana, as instituições políticas e suas tecnologias de controle social. Procura ainda atuar na formação de pesquisadores e formar um acervo bibliográfico e um roteiro de fontes documentais no campo temático das relações entre História, Direito e Ideologia.

Professores envolvidos: Gizlene Neder, Humberto Machado

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

Nereida

Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade (NEREIDA)

O NEREIDA é um núcleo de caráter multi-institucional composto por historiadores de diversas universidades brasileiras interessados em estudar a circulação, os usos e os sentidos das representações imagéticas em sociedades antigas. O grupo trabalha com as imagens representadas na cerâmica ática, coríntia e etrusca. Cadastrado no Cnpq, o Grupo de Pesquisa (Imagens, Representações e Cerâmica Antiga) possui duas linhas, a saber: 1) Artesanato, Circulação e Comércio de Vasos/ Identidades/ Alteridades; 2) Representações Imagéticas/ Enunciados/ Significados.

Pesquisadores envolvidos: Alexandre Carneiro Cerqueira Lima, Adriene Baron Tacla

Site | Grupo de Pesquisa CNPq [Prof. Alexandre] | Grupo de Pesquisa CNPq [Prof.a Adriene]

 

NEPESS

Núcleo de Estudos e Pesquisas Sobre Esporte e Sociedade (NEPESS)

O NEPESS foi fundado em 24 de maio de 2005, por um grupo de pesquisadores de diferentes universidades e áreas do conhecimento, tendo como objetivos a troca de informações e idéias e o desenvolvimento de pesquisas em uma perspectiva multidisciplinar. Nestes anos temos realizado debates regularmente,sempre com a apresentação de uma pesquisa recém-terminada ou em andamento.

Professores envolvidos: Marcos Alvito

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

Mundos do Trabalho

Mundos do Trabalho

Aguardando Descrição.

Professores envolvidos: Marcelo Badaró

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

 

POLIS

Laboratório de História Econômico-Social (POLIS)

O Polis é o laboratório de História Econômico-social da UFF, ligado ao departamento de História da mesma instituição. Reúne pesquisadores que estudam temas relacionados à História econômico-social nos níveis da graduação, mestrado, doutorado e doutores. Agrega diferentes linhas de pesquisa e diferentes perspectivas teóricas, abarcando estudos que remontam desde o século XVIII até o XXI.

Professores envolvidos: Carlos Gabriel Guimarães, Cezar Teixeira Honorato, Bernardo Kocher, Théo Piñeiro

Site | Grupo de Pesquisa CNPq

Lattes
CNPq
CAPES
FAPERJ
Periódicos
Domínio Público